Tecnologia assistiva favorece inclusão social

Pessoas com deficiência utilizam cada vez mais a tecnologia assistiva, já que possibilita um melhor relacionamento interpessoal, inclusive no trabalho e na vida acadêmica. Esse tipo de tecnologia é interdisciplinar e consiste na criação de recursos e serviços que otimizam as atividades dos portadores de deficiência, permitindo maior autonomia e independência.

Alguns exemplos são as cadeiras de rodas motorizadas e os softwares de computador que facilitam a leitura e a escrita. Os serviços englobam profissionais, como médicos e fisioterapeutas, que contribuem na qualidade de vida.

Os benefícios dessas ferramentas são inúmeros. De modo geral, promovem a inclusão social, pois ampliam o aprendizado - com os recursos adequados, é mais fácil aprender - e adaptam equipamentos e produtos às pessoas com deficiência. Auxiliam na mobilidade e comunicação alternativa, por meio do ensino de libras e do braile. Além disso, ocorre a adequação postural, de forma que os aparelhos de uso pessoal ajudam na postura correta. Atualmente, são desenvolvidos produtos complexos e que facilitam significativamente o cotidiano do portador de deficiência, como o teclado virtual, software em que a escrita é realizada por dispositivos de controle. Há, também, o voice stick, dispositivo capaz de reconhecer as palavras escritas e as transforma em sons, tornando a leitura dos textos acessível.

Agora que você sabe o que é tecnologia assistiva e quais os principais equipamentos, é hora de colocá-la em prática. Não perca tempo e invista em uma boa qualidade de vida!


Imprimir   Email