WhatsApp: (51) 99194-0018 /  E-mail: secretaria@abmfr.com.br

Notícias

nucleoRDNO Rio de Janeiro sedia um dos trabalhos mais interessantes que alia o conhecimento de médicos fisiatras a outros profissionais da Saúde baseado na reabilitação como a prática da ciência voltada para o desenvolvimento funcional do sujeito tendo como meta final sua inserção social desde seu início o serviço contou com uma equipe multiprofissional atuando com metodologia interdisciplinar. É o Núcleo de Reabilitação e Desenvolvimento Neuropsicomotor , no IPPMG da UFRJ. 

O Rio de Janeiro sedia um dos trabalhos mais interessantes que alia o conhecimento de médicos fisiatras a outros profissionais da Saúde baseado na reabilitação como a prática da ciência voltada para o desenvolvimento funcional do sujeito tendo como meta final sua inserção social desde seu início o serviço contou com uma equipe multiprofissional atuando com metodologia interdisciplinar. É o Núcleo de Reabilitação e Desenvolvimento Neuropsicomotor , no IPPMG da UFRJ. 

Implantado em 1997, o Núcleo RDN é coordenado pela professora Lívia Borgneth, médica fisiatra, que substituiu a professora Alice Hassano, após sua aposentadoria, em 2013.
Este ano, o médico fisiatra Sandro Dorf, responsável pelo programa de aplicação de toxina botulínica no Núcleo RDN, passou a integrar o efetivo do quadro docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFRJ, o que representou certamente um ganho para nossa especialidade.
O Núcleo RDN oferece a crianças e adolescentes com deficiência e suas famílias uma equipe multiprofissional, atuando com metodologia interdisciplinar.
“O Rotary Club do Brasil foi fundamental para conseguirmos a aparelhagem necessária para o trabalho terapêutico e em 2015 graças a verba federal mediada pelo Deputado federal Jean Willys tivemos nossa instalação ampliada”, conta Dr. Sandro Dorf.
Atualmente além do atendimento regular de médicos fisiatras, pediatras do desenvolvimento, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e psicólogos, o Núcleo RDN conta com laboratório de pesquisa em reabilitação, sala de integração sensorial e tecnologia digital para o desenvolvimento funcional de nosso pacientes.
O Núcleo RDN recebe, além de residentes de Pediatria e de Medicina Física e Reabilitação, alunos de graduação dos Cursos de Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia e de Terapia Ocupacional para atividade didática assistencial e vivência do trabalho em equipe.
No campo da extensão, a missão do Núcleo tem sido capacitar profissionais da rede pública para que haja multiplicação das equipes de reabilitação e assim se possa atender com mais qualidade a crescente demanda por reabilitação.

A norma que cria as bases para implementação do Cadastro Nacional de Especialistas foi publicada nesta sexta-feira (11), no Diário Oficial da União. O Decreto nº 8.516/2015, da Presidência da República, estabelece os critérios que deverão ser observados pelo Governo na montagem desse tipo censo, bem como as suas formas de uso. A proposta substitui o Decreto nº 8.497/2015, que suscitou fortes críticas das entidades médicas e de vários parlamentares por abrir brechas para interferência nos processos de formação de médicos especialistas no País.

A maioria das mortes por opiáceos (analgésicos) de prescrição envolvem álcool, sedativos ou drogas ilícitas como a heroína. No entanto, a combinação mais letal é a dos opiáceos com as benzodiazepinas comuns, que são medicamentos prescritos para tratar quadros de ansiedade e depressão.

Prática de esportes, dança, música e atividades culturais. Além da fisioterapia já tradicional, essas são alternativas muito eficientes tanto para o desenvolvimento físico e motor, como pessoal e social das pessoas com deficiência. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a reabilitação permite o alcance do nível físico, mental e/ou social ótimo da pessoa com deficiência, dando a ela condições de mudar sua vida.

Rua Brasília, 560 - Bairro: Parque dos Anjos | CEP: 94190-290 | Gravataí - RS | Fone:(51) 99194-0018 *WhatsApp | E-mail: secretaria@abmfr.com.br

Please publish modules in offcanvas position.